Brasil não possui Burguesia Nacional

 

O Brasil não possui uma burguesia "nacional" (não significa que não exista uma burguesia brasileira). O que temos no país é uma casta parasitária, bem aparelhada, sócia de chefes do poder executivo subservientes, que trabalha pelo atraso da nação em troca da manutenção de seus privilégios.

Inscreva-se no canal do autor no youtube: https://www.youtube.com/channel/UCgjuLHojrBYr-_Ed9y378EQ?view_as=subscriber

 

Bolsonaro depois de bater continência para bandeira e até mesmo civis estadunidenses é retratado como subserviente

 

Enquanto os países que são considerados desenvolvidos, dentro da ótica do capitalismo, passaram por processos de formação de uma burguesia nacional, devido a uma insubordinação ideológica no campo econômico, a qual durante o processo de desenvolvimento dessas nações permitiu um impulso industrializador, sempre orientado pelo Estado e com alta carga de protecionismo ao invés liberalismo e livre mercado, levou esses países a formação de uma classe que acumulava capital, porém através da produção, gerando assim alta capacidade de reinvestimento.

 

No Brasil, com exceção de raríssimas brechas na sua história (como a era Vargas), não houve a formação de uma burguesia que pudesse atuar em parceria com o Estado em defesa de um projeto nacional, devido a subordinação de elites e classes dirigentes que, de acordo com ortodoxia (neo)liberal, mantém o país num estado letárgico e subalterno.

 

Exportação de matérias primas e importação de produtos manufaturados, o ciclo vicioso da dependência econômica.

 

Na realidade tupiniquim grande parte da burguesia brasileira (corrupta e saqueadora do Estado) é agroexportadora, a outra banda desse conluio de escroques é formada por uma burguesia importadora e rentista, logo não produz absolutamente nada, ou seja, as duas faces burguesas no Brasil são globalistas, sócias dos interesses estrangeiros, por isso atuam para manter o país como mero exportador de matéria-prima e importador de produtos de valor agregado.

 

Sendo assim, temos um quadro onde os capitalistas brasileiros são verdadeiros lacaios do imperialismo, logo, nenhuma conciliação com a burguesia brasileira, fiel servidora da Nova Ordem Mundial, é possível.

 

André Nunes